Gerador ARS 600

O Gerador de Radiofrequência ARS 600 da Bonss Medical é um sistema electrocirúrgico de radiofrequência (RF) bipolar projetado para ser usado em procedimentos cirúrgicos de Coluna e Ortopedia. O equipamento é utilizado em conjunto com ponteiras estéreis descartáveis e possui a função de ablação e coagulação do tecido. O Sistema foi projetado para transmitir energia de RF para os eletrodos localizados na extremidade distal das ponteiras. A corrente flui entre os eletrodos ativos e o eletrodo de retorno oferecendo um campo de energia localizada. Ambos os elementos ou pólos estão localizados na ponteira em configuração bipolar. O resultado desta disposição é a transmissão controlada de energia com danos colaterais teciduais mínimos.

 

O Equipamento funciona ao passar a energia de RF por uma solução condutora (como soro fisiológico) bem próxima ou em contato com o tecido a ser tratado. A solução condutora forma uma fina camada entre os eletrodos ativos e de retorno. No modo ablação, quando se aplica energia suficiente, a solução condutora é convertida em uma camada de vapor que contém partículas energizadas (plasma). Quando as partículas carregadas com energia elevada entram em contato com o tecido, elas provocam a desintegração através da dissociação molecular. Este modo de funcionamento resulta em temperaturas relativamente baixas nos locais de tratamento em comparação com os outros métodos eletrocirúrgicos convencionais e de radiofrequência monopolar, produzindo assim danos térmicos colaterais limitados ao tecido circundante não tratado.

 

O Gerador também pode funcionar quando se aplica uma baixa tensão entre os eletrodos ativos de retorno. Neste caso o campo elétrico fica abaixo do limite necessário para criar uma camada de plasma e o tecido aquece. Este modo é útil quando se precisa de um efeito térmico maior, (ex: coagulação dos vasos sanguíneos). A configuração adequada da tensão depende da ponteira utilizada, tipo de tecido e o resultado desejado. A operação do equipamento no modo ablação e coagulação, resulta em diferentes efeitos no tecido:

Modo Ablação: como as configurações de Unidade de controle aumentam de 1 a 9 no modo de ablação, o desempenho das ponteiras descartáveis permite a transição de um efeito térmico para um efeito ablativo através da criação e intensidade proporcional do campo de plasma.

Modo Coagulação: as ponteiras podem operar em modo de coagulação para hemostasia (conter o sangramento). Em configurações mais baixas, com o mínimo de formação de plasma, a corrente passa através do tecido. Os vasos sanguíneos no interior do tecido são coagulados parando o sangramento durante o procedimento cirúrgico.

Procedimentos realizados com o ARS 600 para Coluna:​         

  • Ablação Cervical Reduzida

  • Doença da Pressão do Disco

  • Ablação do Disco Lombar

  • Descompressão do Disco Lombar

Ponteiras para Coluna:

Certificação INMETRO: 16283-17.01 (ICBR)

ANVISA: 81305530001

Procedimentos realizados com o ARS 600 para Ortopedia:

  • Cirurgia Artroscópica do Joelho

  • Cirurgia de Liberação Lateral

  • Artroscopia de Ombro

  • Cirurgia de Pé

  • Cirurgia Artroscópica do Tornozelo

  • Artroscopia de Punho

  • Descompressão Cirúrgica no Joelho

  • Cartilagem Articular

  • Meniscectomia

  •  Reconstrução do Ligamento Cruzado

  • Cirurgia no Ombro sob Pressão Reduzida

Ponteiras para Ortopedia:

  © InnovaSurgical . Todos os direitos reservados   |  +55 62 3637-4882